26 outubro, 2009

A Esperança é a última que morre....

Minhas amigas, antes do mais quero agradecer todas as manifestaçoes de carinho que me foram demonstradas através das vossas tão simpáticas palavras deixadas nos comentários dos "posts" abaixo!
OBRIGADA.................
Depois de mt pensar, resolvi dar-vos a conhecer um infeliz acontecimento.
Então, como sabem, fui avó há bem pouco tempo, mais precisamente, no dia 17.
Foi algo de maravilhoso, o bebé é lindo de morrer e faz as delícias de td a família e td corria maravilhosamente bem, até ao dia em que normalmente teria alta!!!
Antes de darem alta ao bebé, a pediátra resolveu e mt bem, fazer um exame e análises, para se certificar que td estava bem com ele ...e ainda bem que o fez, pois se assim não tivesse sido, não sei o que poderia ter acontecido!!!
Detectaram-lhe um grave problema no sangue, mais precisamente com as plaquetas, que diminuiam drásticamente a cd dia que passava, chegando mm a ter só 36000 plaquetas! Era uma grande diferênça, para quem tinha nascido com cento e tal mil !
Ninguém queria acreditar que tal estivesse a acontecer, não podia ser! Um ser tão pequenino, tão frágil e já a passar por td isto!
Para desespero dos jovens pais e de tds nós, o tempo passava e não conseguiam detetar a causa do problema e o meu Nenuquinho sempre a fazer análises!
Resolveram então internar o Rodrigo na UCIN , lá no Hospital Pediátrico de D. Estefânia.
Antes de tentarem uma transfusão de sangue, como era intenção dos pediátras, deram-lhe um medicamento que felizmente, veio contornar td esta dramática situação e já na foi preciso transfusão alguma!
Os pais estavam desesperados , principalmente a minha filha que, inconsolável, teve de voltar para casa sem o filho.
Em consequência desta diminuição de plaquetas, havia tb o risco de haver hemorragias internas, entre as quais, a hemorragia cerebral! Assim sendo, tb lhe eram feitas ecografias à cabecinha para controlar possíveis derrames, mas felizmente tal não aconteceu e isso já por si era uma vitória!
Em sinal de como o medicamente estava a fazer efeito, no dia seguinte, o Rodrigo já tinha mais uns milhares de plaquetas no sangue mas ainda não eram suficientes e, ao 3º dia, após a administração do medicamento e como o Rodrigo é um GUERREIRO, o nº de plaquetas no sangue já eram mais do que suficientes para que o bebé estivesse bem e pudesse finalmente voltar para casa!
Os médicos e td a sua equipa foram incansáveis, não largando o meu menino nem por um segundo e a toda a equipa que interveio no caso do Rodrigo, o meu sincero OBRIGADA.
No entanto, hoje, agora, ainda não conseguiram saber qual a causa desta drástica diminuição de plaquetas.
E pronto, graças a Deus neste momento o Rodrigo teve alta e já está em casa bem de saúde,mas no entanto, tem que continuar a ser seguido pelo pediátra!!!
Agora posso olhar para trás e dizer que tudo não passou de um grande susto.
Agradeço a Deus ter protegido o meu Nenuco e dar-nos a graça de o pudermos ver se Deus quiser, crescer Feliz e Saudável pois ele demonstrou, apesar da sua tenra idade, ser um menino forte e com garra pela vida...é um VALENTE, um LUTADOR!!!
Não posso deixar de agradecer a tdas as pessoas que através dos mais variados meios de comunicação, me deram td o Apoio e me prestaram a maior Solariedade.
Eu puderia citar nomes, mas não o faço, porque todas foram incansáveis!
Obrigada minhas Amigas....há mesmo pessoas ESPECIAIS....vocês moram no meu coração!
Viva a VIDA e viva a ESPERANÇA.
Beijinhos e boa semana.
Isa..............♥

18 comentários:

Marina R. disse...

Minha querida, posso bem imaginar a angustia que todos voçês sentiram perante tão inesperada situação. É sem duvida angustiante ver um ser tão pequenino e que nos é tão preciso passar por algo assim! Mas fico feliz por saber que o Rodrigo, como valente que é, conseguiu ultrapassar este percalço na sua ainda curta vida e que já está em casa, feliz, seguro e de boa saude na companhia daqueles que o amam. Graças a deus que tudo não passou de um grande susto, muito embora seja realmente melhor manter a situação debaixo de olho.
Um enorme beijinho para ti e para o teu nenuco e que sustos destes não se voltem a repetir.
Marina

Sandra Caetano disse...

Olá Isaura,

Mas que grande susto vocês passaram...são situações sempre muito complicadas.
Felizmente o pequeno Rodrigo deu a volta á situação e já se encontra junto de todos vocês a receber muitos miminhos!!!
Desejo que tudo continue bem e que não tenha passado apenas de um precalço..muitas Felicidades!

Bjs
Sandra

Diana disse...

Olá querida, nem consigo imaginar a vossa aflição e angústia...mas felizmente agora o Rodrigo está bem e vocês podem finalmente respirar de alivio.

beijinhos

Rute G. disse...

Oh amiga
Que susto??Imagino quanto sofrimento e angustia...Mas Deus é grande e o teu menino já está bem e será um grande homem,um grande lutador,conforme disses-te...
Beijinhos grandes e que tudo corra bem daqui para a frente...

Ana Rodrigues disse...

Olá!
Arre que susto!
Eu aqui a pular de alegria... e nem imaginava que tal coisa podesse estar a acontecer...
Já passou!
É isso mesmo... é passado... agora é só seguir tudo direitinho e desfrutar dessa maravilha! O Rodrigo!
Abençoado por ser forte... guerreiro... e c/ uma familia linda... que lhe quer muito bem!
Bjs c/ tudo de bom

manu disse...

oi miguxa foi mau,mas ja la vai ....agora bola para a frente k atras vem gente ....felicidades e beijinhos fofos

Coisinhas com Amor disse...

Olá Isa, foi com lágrimas nos olhos que li este teu post. Tudo o que toca a crianças doi sempre mais e ainda quando são tão pequeninos. Posso imaginar o que todos terão passado especialmente os pais, é uma dor indiscritivel. Mas com a graça de deus tudo correu pelo melhor e o teu nenuco está agora na vossa companhia a fazer as delicias de toda a familia.
Desejo para ele o mesmo que peço para os meus filhos. Que seja sempre uma criança feliz e saudável e que apronte muitas traquinices á vóvó dele.
Falando em vóvó, a nossa vóvó de blog, a quem eu li o teu post através do telefone e em virtude de ela não ter para já pc, pediu-me que te dissesse que está sempre contigo e com o nenuco no seu pensamento, fica feliz por tudo se ter resolvido pelo melhor e que assim que possa te enviará um mail.
Beijinhos grandes para vocês e um abraço muito especial para o teu nenuco.
Carla

Susie L disse...

Olá,

Meu Deus, que sufoco de preocupação.
Espero que tudo continue bem com o seu netinho e muita felicidades para ele e familia.

Helena Varandas disse...

Amiga ainda bem que tudo já passou e que o Rodrigo recuperou, imagino a aflição e, a angústia que voçês passaram...
Ele já mostrou ser um valente e de certeza que tudo irá correr bem daqui para a frente.
Uma beijoca enorme para a tua filhota, muita força positiva e para ti também amiga tudo de bom, joquitas grandes
Helena

Lydia disse...

Olá rapariga são momentos como estes ke muitas vezes nos deixam a pensar que ás vezes os milagres existem e esse foi um deles ainda bem que td acabou em bem e na graça de Deus para ele e toda a familia desejo-vos muita sorte saude felicidade e força para lutarem cada dia que passa e em ke se torna numa vitória para tds,bjs enormes a tds vcs ke são uns lutadores como ele.

Cristina disse...

Olá amiga.
O nenuco recuperou e a angustia passou. Muita saude para o Rodrigo e para todos os que estão em redor dele. Força para lutar e vencer todas as batalhar.

Felicidades ISA
Beijinhos

Deby e Sandy disse...

Olá!
Passa no nosso blog, se poderes doar uma peçinha ou material teu ficamos muito gratas.
Beijinhos
contamos com a tua ajuda
bem haja

Larokitas disse...

Oi amiga!
Estive a lêr o teu post e fiquei muito contente pelo Rodrigo ter conseguido dar a volta á situação.
As maiores felicidades para você e tudo de bom para o pequenote.
Beijos

si

meugenia disse...

Me encantan tus trabajos, yo tambien te sigo.
Besos bonita

Odete disse...

Passei pelo seu blogue e li esta triste notícia, mas com um final de grande vitória, Deus nunca nos abandona minha amiga, vai ver que não tarda nada o grande vencedor desta maratona já está a saltar por tudo quanto é sitio, um grande beijo para os pais e avós e um beijo do tamanho do mundo para o vencedor.

ABOBORINHA MADURA (Helena) disse...

Olá Isaura

Quero agradecer-te seres minha seguidora e vim como é meu hábito conhecer o teu.
Fiquei até arrepiada a ler a tua postagem sobre o teu netinho, porque me identifiquei com a tua filha e recuei 22 anos no tempo.
Da 2ª filha tive uma gravidez de alto risco e ela nasceu de 8 meses. Foi logo para a unidade de cuidados intensivos no Hosp.D.Estefânia, foram incansáveis, mas foi muito triste para mim estar numa enfermaria com mais 11 mães, todas com os babés ao seu lado e eu sozinha.
Saí da maternidade e ela ainda lá ficou. Saiu ao fim de 11 dias, depois de muitos exames, análises, etc. Nasceu com 2Kg e deixaram-ma trazer com 1,750Kg. Tinha de ir lá com ela 2 vezes por semana, para manterem o controle, além do acompanhamento do pediatra, que me disse na altura: se ela sobreviver, vai ser uma criança muito diferente das outras. O pediatra era o Sr. Nuno Cordeiro Ferreira, fundador da Unidade de Alto Risco da Estefânia e depois de tantos exsmes disse: não encontro nada, nem exlicalção, não a martirizamos mais, vamos deixá-la crescer feliz. Tínhamos de ter certos cuidados devido ao baixo peso...
Aos seis meses deu minha filha livre de perigo.
Já tem 22 e o que ele disse teve razão. É uma miúda super inteligente, está agora a tirar o Mestrado em Química, é alegre, bem disposta, vê sempre a vida pelo lado positivo... É uma sobrevivente!
O teu neto Rodrigo também é.
Não procures muitas explicações para o que aconteceu, aproveita esse tempo para saboreares o teu neto e apoiares a tua filhota.
Desculpa este testamento, mas, os blogs também devem servir para isto, mostrar que somos humanos e solidários.
Um grande beijinho para ti e para o teu Nenuco.
Beijinhos

Helena

* disse...

Minha querida, descobri teu blog agora, que aliás é muito giro.
mas não pude deixar de me comover com a dura história do teu "nenuquinho", como o chamas, na curtinha vida dele.
Mas, sabes, nestes meus 45 anos, embora não tenha ainda entendido o porque direito, cada vez mais me conscientizo de que todas as etapas difíceis porque passamos, têm uma razão de ser, e são uma provação que Deus nos dá, Ele lá sabe o porque de tantas e tão difíceis provações, que nos põe no caminho...
Mas o facto é que nos engrandecemos e nos tornamos mais fortes cada vez que as superamos, e o teu neto é uma "homem grande", pois que tão bem superou a provação dele.
Um bjo na bochecha dele e que tenha muita sorte e muita força por essa vida fora.
Bj, Graça (aprendizdarte.blogspot.com)

Bijuteria Mimos - Carla Silva disse...

Infelizmente sei o que é essa aflição e a minha filha tambem sabe.
O ano passado estive em coma com uma sépticémia e uma meningite. Como sou divorciada, a minha filha viu-se numa siyuação muito complicada, pensava que me ia perder e da parte do pai nao teve grande apoio. e Agora tenho a minha mãe internada nos cuidados intensivos no Hospital Santo António no Porto, com os dois rins parados e com falhas multiorgânicas e funcionais. Sei bem qual a angustia de saber que alguemq ue amamos pode estar por um fio, mas tambem sei que a fé e o amor tem muita força. o teu menino vai-se safar desta e ser muito forte e feliz, e eirei rezar por ele tal como rezo pela minha mãe e tal como muitos rezaram por mim quando estive muito mal.
beijos e muita fé

carla Silva